Os benefícios do ar condicionado para o sono

beneficios do ar condicionado pro sono
>>>> Photo por Petr Kratochvil, CC0 Public Domain (License)

Nas noites de verão em países tropicais, como é o caso do Brasil, o uso do ar condicionado se torna quase que indispensável para conseguir uma noite de sono satisfatória.

A temperatura do corpo humano, de forma natural, aumenta e diminui ao passar do dia — atinge seu pico no período da tarde e tem o ponto mais baixo por volta das 5 da manhã. Segundo especialistas, ao dormir, o corpo naturalmente diminui a temperatura. Por isso que manter o ar condicionado ligado (constantemente ou por um curto período) em noites de verão ajuda o corpo regular a temperatura. Isso deixa o sono mais confortável e, principalmente, aumenta seu poder restaurador — que garantirá maior rendimento das nossas tarefas do dia seguinte, diminuindo a sensação de cansaço.

Tanto que atletas de alto nível, em sua maioria, consideram o sono com etapa fundamental de uma boa recuperação física e mental, como é o caso de Lebron James, uma das grandes referências do esporte atual. “O sono é o mais importante quando se trata de recuperação”, diz James. “E é muito difícil com a nossa programação. Nossa agenda nos mantém até tarde da noite e, na maioria das vezes, nos acorda cedo pela manhã … Não há melhor recuperação do que dormir”. Tom Brady, o quarterback mais vencedor da história do Super Bowl, não vai para cama depois das 21h.

A opinião dos atletas de alta performance é estendida aos especialistas, que também apoiam o uso do ar condicionado para ajudar a melhorar a qualidade do sono. “O ar fresco pode ter um efeito de resfriamento e sabemos que um ambiente fresco no quarto é a chave para obter uma agradável de sono. Sabemos também que há um grande número de associações positivas entre ar fresco e relaxamento, e quando nos sentimos relaxados e confortáveis em nosso ambiente, estamos mais propensos a se sentir sonolentos”, afirma Natalie Dautovich, Ph.D, ao portal da CNN.

Quando o nosso corpo não precisa ficar se adaptando a diferentes temperaturas enquanto dormimos, as chances de um sono mais profundo aumentam muito. É o que garante Matthew Walker, professor de neurociência e psicologia da Universidade da Califórnia, Berkeley. “Se a nossa temperatura interna é muito alta, o cérebro não consegue facilmente fazer a troca de estar acordado para estar dormindo, ou criar a melhor qualidade do sono”, afirma o professor.

No entanto, para dormir com o ar condicionado ligado, é preciso ter zelo com o aparelho e com a temperatura do ambiente. É necessária a limpeza no aparelho a cada seis meses para prevenir problemas respiratórios e o recomendado é que a temperatura fique entre 20º C a 22º C.

Para quem é alérgico, a instrução é não fechar totalmente o ambiente. “Pessoas com sensibilidade ao ar seco ou frio precisam manter a temperatura mais baixa, com a porta aberta, para não ressecar demais o ambiente”, sugere o otorrinolaringologista Melo Júnior.

O nível de umidade do quarto também é um fator importante quando o assunto é ter boa noite de sono, especialmente em cidades mais úmidas. Por isso, é importante ter um aparelho não só eficiente na função de umidificar o ambiente (quando é necessário em climas mais secos), mas também que seja eficiente em desumidificar o ar.

“O sono é uma fase de relaxamento. Então, todas as atividades do corpo humano reduzem. Agora, em um ambiente muito quente, úmido, o corpo tem dificuldade de entrar nesse relaxamento. Pelo contrário, ele entra numa atividade que a frequência cardíaca, a pulsação, fica acelerada, em uma maneira para preservar a temperatura estável, ele perde mais calor para o meio”, explica o médico Marcos Brioschi.

Com um pouco de atenção e a manutenção correta, o ar condicionado é um aliado na hora de dormir. Com tudo isso, os benefícios do aparelho podem ser o diferencial para uma noite produtiva de sono.

Deixe uma resposta

Name *
Email *
Website