Ar-condicionado em tempos de COVID-19: como manter o ar limpo

Indique a leitura aos amigos

Desde que a pandemia de coronavírus se alastrou em 2020, precisamos ter cuidado redobrado no nosso dia a dia e seguir uma série de medidas de proteção de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), como uso da máscara, álcool em gel e higienização das mãos com frequência. Essas são formas muito comuns de lutar contra a COVID-19, mas você sabia que esse tipo de cuidado precisa se estender ao ar que respiramos? Mais especificamente, ao ar-condicionado. Esse tipo de aparelho é essencial no nosso cotidiano, mas se não for devidamente cuidado, pode ser um propulsor da transmissão do vírus. Por isso, se você tem um aparelho de qualquer modelo, seja um ar condicionado 18000 BTUS, um ar condicionado 9000 BTUS ou mesmo um ar condicionado portátil, continue acompanhando esse texto para saber como proteger sua saúde e das demais pessoas que convivem com você.

Manutenção preventiva – como manter o ar limpo?

A manutenção preventiva do ar condicionado é a forma mais eficiente de combater a COVID-19 e os outros vírus e bactérias que podem circular pelo ambiente. 

ar condicionado

Como o próprio nome sugere, esse tipo de manutenção ocorre antes do problema surgir e não quando ele já se instalou. Os cuidados preventivos poupam gastos, aumentam a vida útil do aparelho e, o mais importante, evitam que vírus, sujeiras e bactérias se acumulem no interior do equipamento, o que pode provocar uma série de doenças respiratórias, incluindo a proliferação do próprio coronavírus.

Diante desse cenário pandêmico, a Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA) ressalta algumas medidas de proteção que precisam ser consideradas no momento da manutenção preventiva das máquinas. Confira a seguir os quatro principais itens a serem observados.

1. Renovação do ar

Um dos primeiros critérios para se atentar durante uma manutenção de ar condicionado é a renovação do ar. 

A renovação de ar é a função mais básica dos condicionadores de ar. Quando se avalia esse critério durante uma manutenção preventiva, é levada em conta a capacidade do aparelho de garantir a ventilação e a circulação do ar, além da diluição do ar no interior do ambiente, o que evita a concentração de poluentes e de organismos patogênicos, como o coronavírus. É muito importante manter essa capacidade em pleno funcionamento para evitar complicações e a transmissão de COVID-19.

2. Filtragem

A capacidade de filtragem precisa ser perfeita para evitar a proliferação de doenças, por isso, a empresa de manutenção de ar condicionado contratada por você deve checar se o equipamento condicionador consegue reter partículas e microgotículas no filtro, já que elas podem carregar consigo poluentes ou micro-organismos patogênicos. Portanto, é crucial que a filtragem esteja em perfeito estado, para que esses elementos não voltem a circular no ar.

3. Controle de umidade e temperatura

O controle de umidade e temperatura é um dos fatores essenciais para se observar durante a manutenção, isso porque o excesso de umidade pode agravar doenças respiratórias ou mesmo causá-las, ao passo que um ambiente com ar seco demais pode provocar desconforto, ressecamento ocular e inflamação da mucosa nasal. O equilíbrio é o ideal, tanto para combater o coronavírus quanto os demais micro-organismos que possam circular pelo espaço.

4. Controle de umidade e temperatura

Por último, é essencial manter o nível de CO2 (dióxido de carbono) dentro dos parâmetros recomendados para garantir a qualidade ideal do ar.

Enfim, é fundamental realizar a troca dos filtros e das peças, bem como fazer a higienização periódica e todos os procedimentos relacionados à manutenção preventiva dos aparelhos de ar condicionado. Somente assim é possível ter um ambiente completamente saudável, juntamente com o uso de máscaras, a higienização dos espaços, o uso de álcool em gel e o distanciamento social. Lembre-se disso!

 


Indique a leitura aos amigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *